aparição

Aparição com trilha sonora de panelas. Fala cheia de …

O coiso fez uma aparição ontem (2) em rede de TV e rádio durante a qual fingiu importar-se com a morte de mais de 465 mil brasileiros, prometeu o que não cumprirá, a vacinação de todos até o fim do ano e teve como trilha sonora um grande panelaço. E, como prova do semianalfabetismo que vige no governo, a legenda que acompanhou a imagem na TV contém erros:

legenda errada

Que vacina é esta? Que instituto é este? A vacina é Astrazeneca e é produzida pela Fiocruz…

Um detalhe  fica cada vez mais evidente a cada sessão da CPI da Pandemia, os senadores que apoiam o genocida não são apenas negacionistas da Ciência, são também obtusos, negam-se a admitir a verdade mais que evidente dos fatos, que os depoentes que fazem ou fizeram parte do governo mentem descaradamente (mente repetido e propositadamente). E são cínicos ao extremo, repetem informações totalmente desacreditadas na tentativa de contradizer quem fala a verdade. Levaram uma lição da depoente de ontem (2) na CPI, a médica infectologista Luana Araújo, exsecretária de Enfrentamento à Pandemia da Covid-19 – ficou no cargo apenas dez dias. Segue um trecho de seu depoimento ao falar sobre tratamento precoce:

“Essa é uma discussão delirante, esdrúxula, anacrônica e contraproducente. Quando eu disse que há um ano atrás nós estávamos na vanguarda da estupidez mundial, eu, infelizmente, ainda mantenho isso, nós ainda estamos aqui discutindo uma coisa que não tem cabimento. É como se a gente estivesse escolhendo de que lado da borda da terra plana a gente vai pular”.

aparição

Duas manchetes e respectivas linhas finas  publicadas na capa do UOL (ontem, 2), ambas relativas a matérias da Folha de S.Paulo:

“PF faz buscas em casa do governador do Amazonas e cumpre ordem de prisão de secretário de Saúde”

Polícia Federal cumpre 25 mandados judiciais em operação contra desvios de recursos para o combate à Covid-19

“Documento enviado à CPI mostra que Saúde comprou máscaras impróprias com preço acima do mercado”

Produto ficou parado nos estados devido à impossibilidade de uso por profissionais de saúde; empresa diz que valor foi adequado

Por que a ação da PF é só contra o secretário de Saúde amazonense? E a contra o “gordinho” do coiso, o que estava obedecendo o coiso no ministério quando as compras foram feitas?

A ministra do STF Cármen Lúcia   autorizou, a pedido da PGR, a  abertura de inquérito para investigar o sinistro contra o Ambiente Ricardo Salles, um destruidor de florestas inveterado que continua sendo apoiado pela familícia. Se os procedimentos forem executados como devem ser, a motosserra causará uma rachadona na zeralhada.

Não se deve desconsiderar a possibilidade de que o pedido da PGR tenha sido instruído pelo coiso com a intenção de livrar-se do sinistro com a mão do gato. Cabe a expressão italiana “se non è vero, è ben trovato”.

Um importante alerta na Folha de S.Paulo (2), pág A6, “A anarquia militar de Bolsonaro”

 https://www1.folha.uol.com.br/colunas/eliogaspari/2021/06/a-anarquia-militar-de-bolsonaro.shtml

 Com a devida permissão, o “Mirando” presenteia os leitores com a edição especial de Jornalistas&Cia que conta a história do jornalista João do Rio lembrando os 100 anos de sua morte. Faz parte da edição a muito bem contada história da cidade do Rio de Janeiro do fim do século 19 ao início do 20. É para ler e guardar.

 https://www.jornalistasecia.com.br/edicoes/jornalistasecia1310A.pdf

 (CACALO KFOURI)

                                                             ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

 STF dá 5 dias para Bolsonaro explicar acusação feita contra Eduardo Leite, governador do RS

Segundo Gilmar, diante das das(?) declarações feitas por Bolsonaro e das razões apresentadas por Leite,

(?) Tá com soluço, cara-pálida? Um das basta.

Setor de Saúde tem saldo positivo de 120 mil vagas abertas em 2021

Veja esse(*) levantamento da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde), a partir de dados do Caged, que traz um certo otimismo de uma melhora da economia do país.

(*) Este, cara-pálida, o relatório está lá na frente.

Briga de rachis(???): shopping da Barra é condenado por má-fé ao prejudicar restaurante japonês

(???) Rachis, cara-pálida? Hashis! Por acaso, chama o homus, a pasta de grão-de-bico com tahine (será tarrine pra você?),  de romus? Tome tento!

Será indicado futuramente um perito para calcular os prejuízos caudados(???) ao Kotobuki decorrentes da ma-fé contratual do Rio Design.

(???) Vão calcular o tamanho dos rabos? Causados, desatento escriba.

Serviço do 1746, da Prefeitura do Rio, será alvo de sindicância para apurar execução do contrato

Teresa já tem em mãos um requirimento(*) de informações em que pede informações sobre os pagamentos:

(*) É um “requirimento” que Emerso Fittipaldi “ricomenda” como no anúncio de uma bateria? Requerimento, cara-pálida.

Teatro(*) Municipal do Rio tem data para abertura parcial com visitas guiadas

 O Teatro(*) Municipal do Rio voltará a abrir parcialmente para o público, a partir do dia 10, com as suas visitas guiadas. Haverá também o lançamento de um tour virtual em 3D e ficará disponível nas redes oficiais do Teatro(*).

A entrada será feita prioritariamente através(*) de agendamento com turmas de até 15 pessoas,

(*) Não tem jeito, pelo jeito, o cara-pálida vai errar até se aposentar. É Theatro, escriba, dê uma olhada na fachada do prédio e no site. Quando não é o nome todo, use teatro em caixa-baixa e assim você comete um erro a menos.

 Não é através, é por meio de, através, como o próprio nome diz, é quando atravessa.

MPF firma parceria para lançar ferramenta para calcular impactos do garimpo ilegal

O Ministério Público Federal (MPF) e a organização não-governamental(XXX) Conservação Estratégica (CSF-Brasil)

(XXX) Não tem hífen oficialmente desde 2009, cara-pálida.

 A iniciativa é fruto de parceria entre a Força(*)Tarefa Amazônia do MPF,

(*) Já aqui tem desde sempre, mas você usa no lugar errado e faz falta no lugar certo, cara-pálida.

A memória de um lindo filme produzido em 1955, “Suplício de uma Saudade”, com uma linda música, Love Is a Many-Splendored Thing está me tentando a fazer um, pensei em um nome  para descrever o que sinto ao ler o blog,  “Suplício de uma Leitura”…

                                                              ***************

Copiada da Coluna THAÍS OYAMA

Alto(*)Comando quer punição de Pazuello, que opta por Bolsonaro e a política

O Alto(*)Comando do Exército se reúne hoje para discutir a situação de Eduardo Pazuello e, segundo um general quatro estrelas que acompanha de perto as discussões da cúpula da Força, ela “nunca esteve tão solidamente posicionada numa mesma direção, que é a de proteger a instituição”.

Em outras palavras, o Alto(*)Comando está fechado quanto à necessidade de punir o general,

(*) Cara-pálida, Alto-Comando.

Veja o que está no Orélio:

alto-comando

[De alto2 + comando, para trad. o ingl. high command.]
Substantivo masculino.


          1. O conjunto dos comandantes de uma força militar:
            o alto-comando da marinha; o alto-comando dos bombeiros.
            2. Os dirigentes de uma organização, de uma empresa:
            O alto-comando da fábrica se reuniu para discutir a crise. [Pl.: altos-comandos.]

                                                             ***************

Copiada da Folha

 Mônica Bergamo

Hospital das Clínicas de SP identifica caso de ‘fungo negro’ em paciente com Covid-19 e alerta Ministério da Saúde

Para evitar o óbito, os médicos têm que realizar complexas cirurgias que muitas vezes implicam na(*) retirada dos olhos e até mesmo de um pedaço do cérebro

(*) Por que será que uns 80% dos caras-pálidas implicam com escrever implicar com o complemento correto, implicar “a” ou “o”?

                                                             ***************

Copiada do UOL

 Jéssica Sinn não tinha comorbidades e veio a óbito após 4 dias internada

A preciosidade está na capa do UOL. Para completar a cafonice faltou o cara-pálida escrever “4 dias após dar entrada no nosocômio”. Ela, infelizmente, morreu, por que o “veio a óbito”? Acha que é sofisticado, erudito? Não, não é, é chavão e dos mais baratos, cara-pálida.

                                                             *************** 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter