Lendo o jornal, não sabendo se ri ou se chora. Cada uma! Cacalo está pasmo

A leitura de jornais com a qual começo os meus dias – todos os dias desde que me entendo por gente – hoje deu-me vontade de voltar a dormir. A impressão que ficou é a de que as leis foram feitas para proteger os de colarinho branco ou com (desa)foro privilegiado  e não a sociedade. E o STF é um dos grandes responsáveis por essa  impressão.

Ontem (18), o ministro decano (ou dá cano?) da Corte, Celso de Mello, depois de deixar engavetada uma ação por quase 10 anos  em que o ex-governador do Acre Flaviano Melo (um “ele” a menos, senão a desconfiança seria maior) foi acusado de desvio de dinheiro em conjunto com funcionários do Banco do Brasil resolveu extingui-la por considerar que não havia provas. Quase 10 anos para chegar a essa brilhante decisão? Já os funcionários do banco, cúmplices do ex  foram todos, rapidamente, condenados, não tem foro especial.

Mais adiante, lê-se que o mesmo STF pode manter o absurdo os recursos infindáveis que acabam por manter parlamentares criminosos fora da cadeia.

 Em Cuba, sai Raúl Castro, entra um filhote dele, Miguel Diaz-Canel. É o famoso plus ça change, plus c’est la même chose. Já se viu o filme na China, mudanças para inglês ver, o regime lá como na ilha continuará a ser ditatorial (menos para aqueles de sempre…).

 As tentativas dos seguidores lulescos de transformá-lo em preso político, apesar de ter sido julgado e condenado tendo todos os direitos de defesa garantidos e exercidos, chegou, agora, com a entrevista de Gleisi “Narizinho Lavajatada” Hoffmann à TV Al-Jazeera, às raias do ridículo, além de ser uma ofensa ao país. Ultrapassou o limite da liberdade de expressão para se transformar em fake news bem ao gosto de Donald Trump.

 Na Folha de S.Paulo (18), editorial, pág. A2, “Truculentos e pueris”, https://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2018/04/truculentos-e-pueris.shtml

 (CACALO KFOURI)

***************

No Blog do Ancelmo (Gois)

Associação Brasil-Israel recolhe mais de sete mil assinaturas em defesa de Bolsonaro

Sabe essa denúncia da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, contra Jair Bolsonaro, acusado de discriminação contra quilombolas, LGBTs, indígenas, refugiados e mulheres, em palestra no Clube Hebraica do Rio? A Associação Sionista Brasil–Israel recolheu, até ontem, mais de sete mil assinaturas em defesa do ex-capitão, que é “um grande amigo dos judeus de Israel”.

Obs.: – Por YHWH, quer dizer, então, que só não pode ser antissemita, discriminar os outros é válido? Pessoal de memória fraca, foi assim que começou uma da maiores tragédias da história. Ainda bem que existe o pessoal do post abaixo para contrabalançar:

 Federação Israelita diz que associação de abaixo-assinado pró-Bolsonaro não tem ‘legitimidade’

 A Federação Israelita do Rio (Fierj) soltou nota, ontem, dizendo que é a única entidade com legitimidade para se manifestar em nome da comunidade judaica estadual e que “repudia qualquer manifestação em nome de seus representados”.

 Documentário com Dona Ivone Lara está disponível para não-assinantes(*) do GNT

 (*) E os não assinantes também? O pessoal não leitor do Volp não tem jeito mesmo. Se há quem se recuse a seguir a reforma que faça como os coleguinhas em Portugal, escrevem no pé dos textos que não a seguem. Porém, por aqui o caso não é esse, os textos são mezzo alice, mezzo mozzarella, ora respeitam, ora não.

                                                                ***************

Na Folha

Desembargadora pede desculpas a Marielle em carta a professora com Down

A desembargadora Marília Castro Neves, que afirmou em uma rede social que a vereadora assassinada Marielle Franco (PSOL-RJ) “estava engajada com bandidos”, escreveu uma carta a uma professora com síndrome de Down na qual pede desculpas por seus comentários feitos sobre ela, sobre a parlamentar morta no Rio e sobre o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ).

Depois da polêmica mensagem sobre Marielle, outros comentários antigos da desembargadora feitos na internet vieram à tona. Em um deles, Marília questionou o que professores com Down poderiam ensinar. Em uma rede social, a professora Débora Seabra publicou uma carta em resposta à desembargadora.

Obs.: – Pode se desculpar quanto quiser, mas a realidade é que pensa do jeito que escreveu. E uma pessoa que pensa assim não pode e não deve ter o direito de julgar outras, o CNJ tem de tomar uma providência. E rapidamente.

 Em resposta a Alckmin, Aécio diz que candidatura será decidida em Minas

Senador reagiu à declaração de Alckmin, para quem mineiro não deveria concorrer

Obs.: – PSDB, o partido partido no outro sentido da palavra, todos muy amigos.


Chefe da Polícia Civil deixa cargo e ataca novo governador de São Paulo

Delegado-geral fala em interferência externa, em recado a Márcio França

Obs.: – Será que o Palmeiras fez escola??? https://veja.abril.com.br/esporte/palmeiras-aponta-interferencia-externa-e-pede-anulacao-de-final/ . Brincadeira de lado, é uma perda, tenho as melhores referências ao delegado.

Painel

No improviso O ex-presidente Lula disse aos senadores que o visitaram na prisão em Curitiba que fez musculação usando seus livros. Contou já ter devorado “A elite do atraso”, de Jessé Souza, e a última obra de Noam Chomsky. Agora lê “Homo Deus”, de Yuval Noah Harari.

Obs.: – Lula lá, lendo? E fazendo exercícios? Cá entre nós, é provável que os livros estejam somente servindo de halteres e olhe lá. Quem diria…

                                                                 ***************

N’O Globo

Leia o essencial para começar o dia bem informado

Obs.: – Será que, finalmente, caiu a ficha? Tempos atrás escreveram certo, sem hífen, mas “corrigiram” o acerto. Amanhã, veremos se foi por distração que acertaram.

No primeiro mês da intervenção, roubos de carros, cargas e a pedestres atingem os piores patamares

 

Obs.: – Um sucesso do tamanho da administração Doria em São Paulo.                                                               

Proposta da ANS de franquia para plano de saúde é alvo de críticas

Regra, com limites e tratamentos isentos, entrará em vigor este ano

Segundo Marcos Novais, economista-chefe da Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge), estudos mostram que a adoção desses mecanismos levam a uma redução entre 30% e 40% dos custos das operadoras com despesas médicas, e a diminuição, na mesma proporção, das mensalidades.

Obs.: – Assim como a cobrança de bagagens em voos iria diminuir o preço das passagens, não ficaram um centavo mais baratas. Mudem o nome para Agência Nacional Pró-Planos de Saúde. As agências ditas reguladoras vão sempre contra o interesse que quem usa qualquer coisa que seja “regulada” por elas, além de serem cabidaços de emprego.

 

Sindicarga denuncia roubo de celulares avaliados em US$ 1 milhão no Aeroporto do Galeão

Bandidos uniformizados invadiram o local; Sindicarga diz que PM foi acionada para recuperar aparelhos mas alegou falta de recursos

Obs.: – Nem o mais criativo dos roteiristas de séries policiais seria capaz de criar enredos com os fatos que acontecem dia após dia no Rio.

***************

No Estadão conteúdo

Em vídeo à rede Al Jazeera, Gleisi pede apoio por liberdade de Lula

Obs.: – Olhaí, gente! Pedidos de “intervenção externa”! O que será que o Palmeiras vai achar disso? Só um alertazinho, lá fora todos os condenados em 2ª instância estão em cana, o tiro – quem sabe, do Estado Islâmico – pode sair pela culatra.


***************

No UOL

 Justiça rejeita último recurso do Lula na segunda instância

Ex-presidentes do Metrô de SP, integrantes de governos tucanos, viram réus

Eles serão processados a respeito da compra, em 2011, de 26 composições –com seis carros em cada uma– do metrô por R$ 615 milhões. As composições seriam utilizadas na linha 5-lilás do metrô –que atualmente liga as estações Capão Redondo e Eucaliptos–, mas ficaram parados porque suas obras de ampliação não haviam terminado.

 Obs.: – Que a Justiça os carregue com o mesmo “carinho” com que os passageiros vêm sendo tratados nos últimos tempos. A linha recém-inaugurada já apresentou 19 falhas técnicas.

Kakay: Tivemos mensalão, Lava Jato; no entanto, rigor da lei caiu sobre Maluf

 Obs.: – Oh, que peninha! Só porque é fora da lei há mais de 50 anos… Além de ser fala mentirosa, o que tem de lavajato em cana é uma grandeza, inclusive um ex-presidente da República. Certos causídicos ofendem nossa inteligência com as estultíces que “verborrageiam”.

 Avião poderá ter banheiro com som de pássaros e quiosque de comida em breve

Obs.: – Suplantará o dos tiros de canhão? Atenção, não pegará bem se for do bem-te-vi, concordam?

 Palmeiras contrata empresa de investigação para tentar provar interferência

 Obs.: – Por que tanto esforço se o presidente do clube disse que o campeonato é o “paulistinha”?  É só porque perdeu, se tivesse ganho ainda seria o Paulistão? Estou me lembrando da defesa de Lula…

                                                              ***************

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter