Ideia fixa, bebe guaraná e delira. “Boiola”, sem vacina, sem eira nem beira

Monstros  Na abertura do Mirando (27) consta “Existem pessoas que são toscas, mas, ao mesmo tempo, modestas, reconhecem sua incapacidade e não se manifestam, o problema é quando são toscas e fazem questão de reafirmar a cada minuto sua mediocridade. É o caso de quem declara que “Não pode um juiz decidir se você vai ou não tomar vacina”. O coiso fez valer, ontem (29), por três vezes, o escrito. No Maranhão, ao beber um copo de guaraná Jesus, cor-de-rosa, típico da região, declarou que  “Agora virei boiola igual maranhense, é isso? É cor-de-rosa do Maranhão aí, ó. Quem toma esse guaraná aqui vira maranhense, hein?”. Mas, não parou por aí, a propósito da segunda onda de covid-19 na Europa que resulta em novas medidas de isolamento, vociferou que “Olha, eu não consigo entender uma medida como essa porque tá aí o vírus. Vai ter que enfrentá-lo. Tá de máscara, tudo bem, mas daqui a pouco nada disso vai tá livre dele. O objetivo do isolamento social, que tá errado, eu falei que tava errado desde aquele momento, serviu só para bagunçar com a economia, e era para fazer com que não houvesse muita contaminação ao mesmo tempo para não saturar hospital.”.

E, fechando o bestialógico, ataca o governador paulista João Doria, boquejando “Procura outro para pagar tua vacina aí “, deixando evidente, mais uma vez, que está se lixando para a saúde dos brasileiros.

As declarações equivalem a um reconhecimento de firma do publicado no Mirando.

É um governo ou uma rinha? O coiso, por tabela, ataca seu ministro da Economia, Paulo Guedes, ao elogiar o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, criticado pelo Imposto Ipiranga;  o sinistro contra o Ambiente, Ricardo Salles, ofende o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, mas alega que sua conta no Twitter foi hackeada… Dias atrás, ofendeu o ministro da Secretaria de Governo general Luiz Eduardo Ramos, chamando-o de Maria Fofoca. Os 00s são useiros e vezeiros em fazer ataques a ministros; o coiso acha que seu ministro fantasia da Saúde, Eduardo Pazuello, é um capacho e o general aceita o papel mansamente. E mais cacetada no Pazuello não faltou, “Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, afirma Paulo Guedes. Mas o generaleco assumiu que a ideia de entregar as UBSs para a iniciativa privada partiu do Ministério da Saúde. Para completar a desmoralização dos dois, Pazuello e Guedes, ontem o coiso declara que “Revoguei o decreto, mas fiz uma nota dizendo que nos próximos dias poderemos reeditá-lo, o que deve acontecer na semana que vem”.

Nem quando o ditador militar general Ernesto Geisel estava no Poder e outro general aspirante ao seu lugar, Sylvio Frota, tentava derrubá-lo houve tanta desavença pública, eram mais discretos.          

(CACALO KFOURI)                                                   

                                                             ***************

Copiadas do G1

 Ataque a faca deixa 3 mortos em Nice; 1 vítima foi decapitada

 O prefeito da cidade, Christian Estrosi, afirmou que um suspeito(*) foi baleado e preso, classificou o ataque como terrorismo islâmico e disse que o homem gritou “Allahu Akbar” (Deus é grande).

Segundo a imprensa local, uma vítima foi decapitada e o suspeito(*) está internado em estado grave.

(*) Puxa, então os policiais atiraram no cara sem ter certeza de que ele é o criminoso?

Estava evidente que isto iria acontecer depois das manifestações violentas comandadas por líderes religiosos em países onde prevalece o Islã vociferando contra a França. São tão medíocres que não conseguem aceitar charges e mandam matar em nome de Allah, que deve estar tão triste como o Deus cristão tantas são os crimes que cometem em Seus nomes.

Após postagem que chama Maia de Nhonho, Salles diz que conta em rede social foi usada indevidamente

Conta foi apagada pouco depois do post desta quinta. Apelido é usado por críticos de Maia e foi postado em resposta a mensagem em que presidente da Câmara diz que ministro ‘não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo’.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou na manhã desta quinta-feira (29) que a conta dele na rede social Twitter foi usada indevidamente. Na noite desta quarta (28), uma postagem na conta do ministro chamava de “Nhonho” o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Hummm, alguém acredita no sinistro? Depois trocou a desculpa, disse que foi um ex-funcionário que tinha a senha dele que fez a ofensa. Alguém acredita?

Mortos, eleitores com renda incompatível e desempregados aparecem como doadores de R$ 22 milhões, aponta TSE

Núcleo de inteligência do órgão identifica indícios de 7 mil fraudes no financiamento ou prestação de serviços nesta eleição. Informações, que ainda passarão por análise mais apurada, serão enviadas para a Justiça Eleitoral julgar as contas dos candidatos.

A eterna pergunta: tem saída um país deste a não ser o aeroporto ou outros meios de picar a mula? Todos, candidatos fazem discursos e mais discursos anticorrupção, eleitores dão declarações e declarações e participam de manifestações contra a corrupção, advogados ilustres trabalham para que a lavagem de dinheiro vire brinquedinho de criança, o arauto contra a patifaria alia-se aos patifes do Centrão… Como acreditar em mudança?

 Mourão e ministros devem levar embaixadores de 10 países à Amazônia na próxima semana

 Viagem deve durar três dias, com representantes de nações, da União Europeia e da OTCA. Governo diz que pretende desfazer visão negativa e mostrar que floresta ‘continua preservada’.

 Conto do vigário oficial, a turma vai cair???

                                                              ***************

Copiada da Folha

 Dívidas de Donald Trump superam US$ 1 bilhão, e boa parte delas vence nos próximos anos

Virtualmente toda a dívida de Donald Trump –que chega a pelo menos USS 1,1 bilhão (R$ 6,3 bilhões, na cotação atual), segundo suas declarações financeiras ao governo e outros documentos— é lastreada por ativos imobiliários, ligados, em sua maioria, a um número pequeno de edifícios e campos de golfe que formam o núcleo do império empresarial Trump.

Cerca de US$ 900 milhões (R$ 5,1 bilhões) dessa dívida vai vencer durante o possível segundo mandato de Trump, caso ele seja o vencedor da eleição presidencial de 3 de novembro.

Império empresarial em que nada é lastreado em produção. Sonega impostos, administra mal suas empresas e ainda sim foi eleito para presidir o ainda país mais poderoso do mundo, sendo que não está totalmente descartada a possibilidade de ser reeleito. Se a desgraça dos outros servisse de consolo…

 Flávio Dino diz que vai processar Bolsonaro por propaganda política em viagem ao Maranhão

Bolsonaro esteve no estado para inaugurar obras em Imperatriz e, em seu discurso, disse que vai mandar embora o comunismo do Brasil

É mais uma promessa do coiso a não ser cumprida, primeiro terá de encontrar comunismo no Brasil… Mas se prometer expulsar a mediocridade será fácil, é só comprar uma passagem pro Exterior.

                                                             ***************

Copiada do UOL

Justiça: União deve apontar se cura da covid anunciada por pastor é eficaz

A Justiça Federal de(!!!) São Paulo determinou ontem que a União deve informar no site do Ministério da Saúde sobre a eficácia, ou não, do discurso apresentado pelo pastor Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, de que a cura da covid-19 é viável por meio de sementes de feijão vendidas por ele. A pasta tem 15 dias para incluir a informação no portal.

(!!!) Cara-pálida, apesar de sua riqueza, São Paulo continua a ser um estado, não é um país, e só um país tem JF, capisce?

Em bom português, é a famosa sinuca de bico, vão ter de declarar com todas as letras que um apoiador tremendamente evangélico não passa de um pastor tremendamente picareta ou terão de juntar feijão com cloroquina. Mas, sempre tem um mas, a Agc, Advocacia-Geral do coiso, pode vir em socorro, recorrer e daqui a uns 50 anos, quem sabe, haverá uma decisão.

                                                             ***************feijões

 

 

 

5 thoughts on “Ideia fixa, bebe guaraná e delira. “Boiola”, sem vacina, sem eira nem beira

  1. Mourão e ministros levarão embaixadores a voar sobre a Amazônia, e vão provar que essa história de fogo generalizado é propaganda da esquerda derrotada e rancorosa. No passeio aéreo, a bordo de um ônibus espacial da Nasa, nossos patrícios mostrarão ao mundo que o planeta continua azul, quando visto da Lua. Os embaixadores dirão que pode até ser azul em outras partes, já que sobre o Brasil uma grande nuvem preta impede de ver o aspecto de nosso crematório a céu aberto. Mas Mourão redarguirá na lata: “Vocês são daltônicos!” Pronto. Será o fim das mentiras da esquerda derrotada e rancorosa que temos por aqui.

  2. cacalo, coitado de ti. Falas tão mal do Bolsonaro que esquece de ser jornalista. Tens vontade de ser o coiso?
    Se, sua memória não for curta, quando em pelotas lulas denominou a cidade de exportadora de viado.
    Lembras ou tens memória de petista?

  3. cacalo, coitado de ti. Falas tão mal do Bolsonaro que esquece de ser jornalista.
    Se, sua memória não for curta, quando em pelotas lulas denominou a cidade de exportadora de viado.
    Lembras ou tens memória de petista?

  4. Prezado Cacalo, preciso informá-lo, para que não haja nova confusão. A Justiça é dividida em federal e estadual. Dentro do Estado de São Paulo.
    Na estadual, atuam as varas cíveis (família, menores etc), criminais, fazenda pública e os Tribunais de Justiça são a Segunda Instância que julgam as besteiras (às vezes acertos) dos juízes de piso (como são chamados).
    As questões tratadas são as do cidadão comum contra cidadão, e/ou dele contra o Estado e os Municípios. Há uma exceção: em SP são julgadas ações de acidente de trabalho, onde não há vara federal.

    Mas há partes do processo que são federais (União, INSS, CEF, RF, ECT etc): aí entram as varas federais no Estado. E as ações de primeiro piso são enviadas ao Tribunal Federal Regional da Terceira Região (SP e MT).

    Portanto, quem escreveu Justiça Federal de São Paulo não errou. A primeira instância (Piso) cível fica ali na Paulista (P.Lessa); a da previdência e a criminal, em outro prédio na Alameda Ministro Rocha Azevedo, 25, ao lado do TRF3, enorme na Paulista, aquele que tem a CEF. Bjs.
    Emilia Soares de Souza, amiga de Carlinhos de longa longa data. Publique, se quiser.

  5. *”suspeito” – Que ou quem é apontado como autor ou culpado de algo.

    Por aqui condenamos todos antes de serem julgados… os que foram apanhados em flagrante e os que estão a ser investigados, mas, tecnicamente, são todos “suspeitos” ou arguidos até que um juiz os condene.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter