General da banda parece que brinca com mortes. País louco

 O Brasil registra 2.349 mortes em 24 horas, novo recorde mundial desde início da pandemia, “viva” o coiso, “viva” o general da banda Pazzo, o zuello!

O demiurgo de Garanhuns, Lula, declarou ontem (10) em entrevista coletiva que: “Fui vítima da maior mentira jurídica em 500 anos de história”. Enganou-se, o povo brasileiro foi a vítima da maior mentira, cometeu todos os crimes por que foi condenado, e insiste em negar apesar de indesmentíveis, independentemente dos erros cometidos em Curitiba. É corresponsável pela tragédia que o país vive hoje com a eleição do coiso pelo fato de ter ajudado a dividir a oposição com a insistência em sua candidatura impossível por meio da fantasiosa, no primeiro momento, da campanha do boneco de ventríloquo Fernando Haddad como vice-presidente da chapa.

A fracassada estratégia do ministro Edson Fachin para salvar o pescoço de Sergio Moro resultou no que pode ser o enforcamento da Lava Jato. Mais uma vez, cabe lembrar a frase de Tancredo Neves, “Esperteza, quando é muita, come o dono”. Há quem atribua a frase a outro mineiro, o ex-governador Aureliano Chaves, “A esperteza, quando é demais, acaba engolindo o esperto”.

O ministro Nunes Marques, o nomeado pelo coiso, pediu vista do processo de julgamento da imparcialidade/parcialidade de Sergio Moro, prorrogando a decisão no momento em que há empate, dois a dois.  Quanto mais tempo demorar a decisão mais ficará desviada a atenção da compra da choupana de R$ 6 milhões de 01. Esquisito pedido, não?

Não custa lembrar, Lula não foi inocentado, as anulações ocorreram sem que Fachin entrasse em seus méritos, foram por erros de procedimento. Mas, isso não quer dizer nada para os lulominions, já está sendo tratado como estadista…

O coiso, bufão como sempre, ao sentir o bafo de Lula em seu pescoço, começou a usar máscara, o quê, em seu caso, pode significar duas coisas…

O coiso aFL (antes de Fachin/Lula)

O coiso dFL

Mais um alerta na Folha de S.Paulo a respeito do perigo que o país corre, desta vez no dia 10, na pág. A7, “O milicartismo te vigia”.

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/conrado-hubner-mendes/2021/03/estado-de-intimidacao-o-milicartismo-te-vigia.shtml

(CACALO KFOURI)

                                          ***************

A foto distribuída pela AFP mostra uma freira em Mianmar pedindo para que policiais atirem nela e não nos que se manifestam contra o golpe militar que derrubou um governo democraticamente eleito. Assim agem os verdadeiros religiosos, diferentemente de evangélicos achacadores, que vivem à custa da fé alheia, padres pedófilos ou que apoiam caudilhos, todos violadores do que pregam, mas não praticam. Ou, pior, se apropriam do nome Dele, como este delinquente, que abusou da própria filha: “Ele é um monstro e merece estar preso. Só Deus sabe o inferno que passei dentro de casa e todos os traumas que carrego até hoje devido aos abusos. Foi terrível conviver com ele todos aqueles anos.”

O desabafo é da filha do médium e diretor da Associação Espírita Beneficente Paulo de Tarso, Paulo Roberto Roveroni, conhecido como Paulinho de Deus, que foi preso preventivamente suspeito de estupro de vulnerável, em Catanduva (SP), cidade a 390 km de São Paulo.

Religião é matéria muito séria para ficar sob o domínio desses pulhas. Mirem-se no exemplo da freira de Mianmar.

O pessoal do G1 faz questão de estar mal informado, insiste em bem informado com hífen e usa Bem-Estar sem. Mal informado com hífen está no Aurélio, mas não no Houaiss e, principalmente, não no Volp.

                                                               ***************

Na capa da edição de ontem (10) do jornal O Popular, de Goiás, a confirmação da regressão do país ao passado, note, leitor, o orçamento prevê gastos até 2016…

                                                               ***************

Copiada do UOL

Lhama | Wiki | LGBT+ 🌈 Amino

 RS: Mulher com covid-19 cospe em policiais durante fiscalização no litoral

Uma mulher de 56 anos contaminada com o novo coronavírus foi presa após cuspir em policiais durante a fiscalização de uma denúncia de aglomeração. O caso ocorreu no domingo, em Rio Grande (RS), a cerca de 320 km de Porto Alegre.

Homem com covid é preso por passar saliva em maçaneta de carros no RS

Um homem de 49 anos, diagnosticado com covid-19, foi preso duas vezes pela BM (Brigada Militar), em um intervalo de 48 horas, após ser flagrado passando a mão com saliva em maçanetas de carros estacionados em Planalto e Iraí, no Rio Grande do Sul.

Estes gaúchos foram duplamente contaminados, por coronavírus e coisovírus, contra o primeiro já há vacina, o problema maior é o segundo, a estupidez humana não tem cura.

 Relator da PEC Emergencial diz que Congresso não vai ceder a policiais

Daniel Freitas (PSL), relator da PEC Emergencial, afirmou que os deputados não pretendem ceder a nenhum protesto de qualquer categoria profissional do setor público. Os policiais estão criticando o governo federal e os deputados por causa do projeto, mas Daniel explicou que as reivindicações da categoria não são mais importantes do que a necessidade de aprovar a proposta, porque ela deve acelerar a criação de um novo auxílio emergencial. “O Brasil tem pressa. Em um primeiro momento houve tentativa de inclusão das forças de segurança, mas o entendimento é que nada pode atrapalhar o andamento dessa PEC. Após uma reunião de líderes, chegamos ao entendimento que o texto ideal para levar ao plenário da Câmara seria o texto fiel ao que recebemos do Senado. Elaborei esse texto e agora cabe ao plenário os destaques e a aprovação do texto regulatório”, afirmou Daniel

Inadmissível ceder, seria o último passo para que o Brasil volte a ser um Estado milico-tira. Um perigo oculto é a Polícia Federal fazer chantagem com as informações que tem a respeito de muitos dos parlamentares votantes.

                                                               ***************

Copiada da Folha

União dos Policiais do Brasil ameaça paralisação e rompimento com o governo

Com a sensação de que foram traídos pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), os integrantes da UPB (União dos Policiais do Brasil) ameaçam paralisação e rompimento com o atual governo.

A UPB é formada por ao menos 24 instituições da área da segurança pública. As declarações foram dadas em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (10).

A gota d’água para a crise seria o texto da PEC enviado à Câmara pelo Senado. Ele teve apoio do Palácio do Planalto, inclusive, com o voto do senador Flávio Bolsonaro contra a exclusão dos policiais da proposta, como revelou o Painel.

União de união de policiais apoiadores de um presidente que só não foi expulso do Exército por terrorismo por ter aceito passar para a reserva em negociata com a Justiça (?) Militar com caminhoneiros que pouco se incomodam com os efeitos de seus atos na vida dos brasileiros, Bia Kicis presidindo a CCJ… Que país é este?, perguntaria Francelino Pereira, ex-governador de Minas.

 Militares criticam fala de Lula e veem dificuldade para 2022

O discurso de volta ao palco político de Luiz Inácio Lula da Silva foi acompanhado com atenção por uma categoria em particular: os militares. Tanto entre oficiais da ativa quanto da reserva, as queixas foram várias, antevendo o que chamam de dificuldades para 2022.

Militares têm de aprender uma coisa, por que não se calam e tentam ser competentes na caserna,  função a que foram destinados pela Constituição, na qual se mostram cada vez mais incompetentes, nela e quando saem dela, haja vista os que fazem parte do governo?

                                                               ***************

Copiada do G1

Aliada de Bolsonaro e investigada no STF, Bia Kicis é eleita presidente da CCJ da Câmara

Comissão é a mais importante da Câmara e decide sobre a constitucionalidade de matérias que tramitam na Casa. Ela ficará à frente do colegiado até 2022.

Como miséria pouca é bobagem, Aécio Neves, outro sob investigação na Corte, presidirá a Comissão de Relações Exteriores da Câmara já arrasada e sem credibilidade por 03, tudo consequência da lerdeza do STF que acaba resultando, por exemplo, na volta de Lula às luzes da ribalta.

                                                               ***************

Copiada da Coluna Thaís Oyama

Para mercado, se Lula caminhar para o centro, Bolsonaro fica a ver navios

O dólar fechou a R$ 5,80 ontem e o risco-país(*) subiu 9,55% na segunda-feira, maior nível desde novembro de 2020.

Quanto a Lula, recém(*)promovido por Bolsonaro à categoria de “ex-demônio”

(*) Ponhou onde não tem, faltou onde tem, cara-pálida, risco país, recém-promovido.

“O Lula 1 foi aquele que montou uma equipe liberal e aprovou o Bolsa Família. Se ele voltar para repetir essa performance, não só terá o voto de muita gente da área financeira como vai virar herói de novo”.

O dono do comentário se esqueceu de que montou também a quadrilha do Mensalão, do Petrolão, do Odebretchtão… O problema é que os navios continuarão a ser vistos, mas no fundo do mar.

 Um fato é inegável, com todos os seus defeitos e problemas, Lula é um animal político como poucos – o que não é necessariamente abonador, Paulo Maluf também era –, diferentemente dos “dorias” com quem o coiso vem se confrontando, agora arrumou sarna da grossa para se coçar. A rinha está longe de trazer  bom resultado para o país, não se pode esquecer que ambos têm um inimigo em comum a destruir, a Lava Jato.

                                                                ****************

horror

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter