LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO

Lei de Acesso à Informação: só à base da força nos dão o que é pedido

Uma vez trambiqueiro…

 Finalmente, depois de muitas esquivas, Arthur Lira, presidente da Câmara, resolveu ontem (14) atender o pedido da “Folha de S.Paulo” feito por meio da Lei de Acesso à Informação e forneceu a lista em que fica patente que houve tramoia na votação da PEC do Calote. O calote da PEC não foi o bastante para satisfazê-lo, tinha de exercitar seu hábito de fazer tudo em desacordo com as regras.

 E este foi o motivo pelo qual tentou esconder as informações pedidas.

 O jornal desconfiou de que pelo menos oito deputados só conseguiram votar em virtude de uma manobra de Lira e, pelo menos um deles, com tramoia ou sem tramoia, não poderia ter votado de jeito nenhum.

 A artimanha usada foi a votação remota permitida sob a justificativa que estavam “no desempenho” de viagem de missão oficial pudessem votar sem registrar presença no sistema de identificação biométrica do plenário.”.

A mentira está no fato de que não estavam: o deputado Zé Silva (Solidariedade-MG), cuja missão oficial, segundo os dados oficiais da Câmara e o próprio relatório apresentado pelo deputado, começou três dias depois, em 6 de novembro.

O “impoluto” pastor “evangélico” Marco Feliciano (PL-SP) disse que votou remotamente de São Paulo por estar voltando de missão oficial ao exterior, mas não estava.

E assim segue a marcha do período mais terrível da política brasileira, superou a corrupção no governo Sarney, o acontecido no governo do “inocente” Lula e a incompetente Dilma.

Só encontra paralelo no período da ditadura militar.

Mas nem vermelho de vergonha fica

Não pode, seu patrão odeia a cor. Ontem, o “Mirando” tratou da vergonhosa e desmoralizante conduta do procurador-geral do coiso Aras, aras, vejam só, de pedir que o STF desconsiderasse examinar a conduta do coiso ao associar a vacina contra a covid-19 ao aumento da possibilidade de contrair Aids.

Levou uma bem aplicada cacetada na testa, o ministro Alexandre de Moraes trancou a apuração interna da PGR , mantendo o inquérito aberto sobre a aparição em que o “minto” ornejou a mentira que o PGc achou inocente. E não ficou por aí, o ministro deu prazo de 24 horas para que a PGR encaminhe as informações  coletadas “ainda que em sigilo”, à Corte  e à Polícia Federal, “sob pena de desobediência à ordem judicial e obstrução de Justiça.”.

 Se tivesse um pingo de vergonha na cara teria de aparar a barba de olhos fechados para não se ver no espelho. Mas não corre o risco.

Isto não surpreende, o surpreendente é outro fato

Uma pesquisa divulgada ontem – que ontem, hein? – mostra que 55% dos entrevistados consideram que o desgoverno do coiso é umdesgoverno, é péssimo.

O que surpreende é o fato de que 19% ainda acham que é ótimo ou bom. O que esta turma tem no lugar da massa cinzenta, a marrom, certamente.

Com esse ou com zê?

 Dia desses, este cara-pálida apontou o que pensou ser um erro e errou. Foi a grafia do sobrenome do quadrinista Mauricio de Sousa, estava escrito assim no “Blog do Ancelmo” e indiquei que deveria ser Souza. Por quê, por quê, por quê? Porque o “Estadãozinho” levou-me para o mau caminho.

 Na tira que o jornal publica e que leio há dezenas de anos o crédito está errado:

 

Mas no nome da empresa, em sua página no Instagram e em documentos vários está com esse:

Mauricio de Sousa Produções: MSP

Para completar a demonstração de que o errado é o “Estadãozinho”, segue a capa do livro escrito por Audálio Dantas que conta a infância do quadrinista:

Mas, cá entre nós e as torcidas do Mengão e do Coringão, alguém acha que vão corrigir?

 (CACALO KFOURI)

                                                             ***************

Copiada do g1

Senado aprova indicação de Antonio Anastasia para o cargo de ministro do TCU

O Senado aprovou nesta terça-feira (14) por 52 votos a indicação do senador Antonio Anastasia (PSD-MG) para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). O nome ainda terá de ser aprovado pela Câmara.

Se empossado, Anastasia vai ocupar a vaga do ministro Raimundo Carreiro, que deixa o tribunal para assumir o posto de embaixador do Brasil em Portugal. A votação no plenário foi realizada com cédulas de papel, e 78 senadores votaram.

Três parlamentares disputaram o cargo, que é vitalício: Antônio Anastasia (PSD-MG), Kátia Abreu (PP-TO) e Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). O mandato dos três senadores se encerra no próximo ano.

Mais uma derrota do coiso no Senado. Seu preferido, o senador zoológico, mama nas tetas do governo, prolífico em malfeitos e, ultimamente, raposa malsucedida, teve somente sete votos. A senadora Kátia Abreu, que segue conforme o vento, já foi amigo de Ciro Gomes, defensora de Dilma e hoje é coisista, teve 19 votos. O vencedor, apoiado por Rodrigo Pacheco, o presidente do Senado, teve 52.

A vitória de Anastasia precisa ser confirmada na Câmara, onde o ignaro ignóbil “adquiriu” mais adeptos, porém não há muito o que fazer diante do massacre, mesmo o pessoal do Centrão terá vergonha de não referendar o nome.

                                                             ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

Galeão espera mais de 500 mil passageiros em voos domésticos em dezembro

Segue(???) alguns número da concessionário RIOgaleão,

(???) Errante insistente, já ouviu falar em concordância? Seguem alguns números, capisce?

Quem vai ser eleito para ABL: Eduardo Giannetti ou Gabriel Chalita?

(…),  esta agora, dizem os especialistas, está super(!)disputada.

(!) 6 num sabi nada, caramba, superdisputada.

 (…), um dos mais brilhantes advogados brasileiros e um intelectual super(!) conceituado

(!) Vale o comentário acima.

DJ Marlboro acusa Ludmilla de plágio em ação na Justiça do Rio; saiba qual a canção

Trata-se de uma ação (!) indenização sobre perdas e danos em função, veja só, de um suposto plagio(!) de uma canção.

(!) Mas aqui se trata de uma ação deste mirandeiro para apontar a perda do “de” e do acento em plágio.

Barrabás, que tristeza para a música brasileira achar que se trata de música brasileira…

 Bisneto de Oscar Niemeyer presta homenagem ao arquiteto

 O arquiteto Paulo Sérgio Niemeyer organiza uma homenagem especial para o seu bisavô, Oscar Niemeyer (1907-2012), amanhã, dia que ela(!!!) completaria 114 anos.

(!!!) Uau, quem diria, depois de morto resolveu transgenorerou-se! Ele, mistake!

Durante todo o dia, haverá visita guiada, exposições de projetos e obras de arte no Instituto Niemeyer. às(!) 18h,

(!) Agora entrou a miss Caixa… Às 18h…

Pai de Henry Borel faz corrente de oração em frente ao Tribunal de Justiça do Rio

É que a 2ª Vara Criminal do Rio dará prosseguimento a(!) sessão de audiência do caso

(!) Mistake acumpliciou-se a mister Crase… À sessão…

 (…), e o filho de Jarinho(!), Luiz Fernando Abidu.

(!) Jairinho, atenta escriba.

De acordo com informações da denúncia, o menino, de quatro anos de idade, teria(!!!) sido vítima de torturas realizadas no apartamento do casal, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

(!!!) Não, desorientada mistake, foi vítima, se não tivesse certeza não teria feito a denúncia. Acorde Tico e Teco!

Casa Firjan vai homenagear André Urani, aquele que dizia que a doença do Rio é ficar preso ao passado

Esta semana completam(!) dez anos da morte, aos 51 anos,

(!) Completam-se, escriba!

Sexta, agora, dia 17, a Casa Firjan, vai lembrar Urani,(X) com um seminário de dia inteiro sobre o futuro do Rio,

(X) Tira esta bicha daí, escriba.

“Nós perdemos, ao longo dos últimos anos, todas as razões que fizeram essa(!) cidade uma das15 maiores metrópoles do mundo”.

(!) Este mirandeiro aposta que ele disse esta…

Vizinhos de hospital em Botafogo reclamam do barulho ensurdecedor de um gerador

(…), que causa, ceja(?) o vídeo,  um barulho ensurdecedor.

(?) “Ceja” lá o que isto queira dizer, é veja.

 Banca do Leblon está no escuro há cinco dias

 “Eu não quero passar a(!) frente de ninguém,

(!) Dá neles, crase! À frente, escribas mambembes.

PGR vai ouvir chefe de gabinete de Alcolumbre sobre suspeita de rachadinha

A PGR informou ao STF, hoje, que abriu notícia de fato para investigar o senador Davi Alcolumbre, ex-presidente do Senado, quando(!!!) a denúncia de “rachadinha” em seu gabinete.

(!!!) Errante insistente, é quanto, em relação. Quando seria no caso de quando ela vai ouvir 01 e 02.

                                                             ****************

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter