Sem o mesão, com testes, o presidente confuso e desalinhado

 Ué, cadê o mesão? Não precisou, o coiso dobrou-se, fez cinco testes

 

Putin mudou de ideia ou será que o ignaro ignóbil mostrou comprovante de vacina?

Em se falando em mudar de ideia, o coiso aderiu à esquerda, prestou homenagem a soldados comunistas!!! Entregou uma coroa de flores no Túmulo do Soldado Desconhecido, um monumento em homenagem aos milhões de soldados soviéticos que morreram durante a Segunda Guerra Mundial.

 “Parece que têm interesses”, ornejou o coiso

Em mais um ataque ao STF, o ignaro ignóbil vociferou em relação às providências anunciadas por ministros para que as eleições de 2022 não sejam prejudicadas por ações criminosas dele e de seus cúmplices que “Agora, o que fica da ação desses três ministros do STF, me parece que eles têm um interesse, né? Primeiro, buscar uma maneira de me tornar inelegível, na base da canetada. A outra, é eleger o seu candidato.”.

Sim, eles têm interesses, mas não são estes, são de que ele não suje o processo eleitoral e que, ao fim dele,  vá para onde  merece, atrás das grades, o lugar adequado para criminosos. Mas, isso tudo sem que interfiram no processo eleitoral.

Pensou, pensou e mudou de ideia

O ex-ministro da Defesa do ignaro ignóbil, general da reserva Fernando Azevedo e Silva, que deveria assumir a função diretor-geral do TSE a convite do ministro Alexandre de Moraes (TSE), avisou ontem que não tomará posse. Alegou problemas familiares e de saúde como impedimento.

 A verdade verdadeira deve ser outra, pensou, pensou e descobriu que finalmente seria útil e mudou de ideia, achou que não ornaria com suas amizades na caserna.

 E ainda existe uma grande coincidência, foi nesta semana que o seu substituto na Defesa, general Braga Netto, orientado pelo coiso, enviou ao TSE perguntas pondo em dúvida a segurança do sistema eletrônico eleitoral.

 Trocaram seis por meia dúzia

 E o negacionismo prevalece. O médico (?) Hélio Angotti Neto, adepto das teorias malucas de Olavo de Carvalho – há, sim, mal que sempre dure, ele morreu, mas deixou ativo  o vírus da ignorância –  Hélio Angotti Neto saiu do comando da Secretária de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos  do Ministério da Insalubridade  para ocupar o lugar da médica (?) Mayra Pinheiro, a lamentável “Capitã Cloroquina”.

A triste figura foi  o autor da nota técnica (?) do MS que considerou a cloroquina como eficaz contra a covid-19 e a vacina não.

A capitã pretende se lançar candidata à deputância. Em vista da mediocridade que se apossou do país, é provável que seja eleita.

Acertou, mas poderia ter sido mais preciso

 Depois de ter sido criticado por petistas depois de seu encontro com o ex-tudo Sergio Moro, o governador do Espirito Santo, Renato Casagrande declarou que eles  agem com arrogância e como “guardiães da pureza ideológica”.

Faltou a Casagrande lembrar do caloroso encontro de Lula com Paulo Maluf na grande casa deste quando da campanha de Fernando Haddad à prefeitura paulistana em 2012. Aconteceu até troca de carinhosos abraços entre eles.

E, cá entre nós, pureza? Bastou que assumissem o Poder e locupletaram-se.

“Deus Proverá” uma ova!

Em mais uma ação contra a liberdade religiosa e a tolerância que os “evangélicos” não conseguem entender que constam nos livros sagrados, um vereador soteropolitano ligado à igreja mercantilista de Edir Macedo propôs, e parece, o prefeito Bruno Reis aceitou, que se mude o nome das dunas do Abaeté para “Monte Santo Deus Proverá”. A intenção é a de atacar um local importante para os adeptos do candomblé.

Há que tomar cuidado com esta turma de radicais, o “Mirando” vem chamando a atenção para o fato faz tempo, chegou a publicar o texto do poeta brasileiro Eduardo Alves da Costa em homenagem ao poeta russo Vladimir Maiakoviski (erroneamente atribuído ao russo):

Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,

o mais frágil deles
entra sozinho e nossa casa,
rouba-nos a luz e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.

 Tragédia em Petrópolis, tragédia em Franco da Rocha

 Desastres que causaram muitas mortes, muitos desabrigados, muitos prejuízos. Em Franco da Rocha, as construções que desabaram pertenciam a pessoas pobres que não tinham outro recurso se não o de construir em áreas de risco. Mas, em Petrópolis, não foi o que se viu, grande parte dos que foram atingidos estão longe de ser pessoas pobres, basta ver as casas que foram atingidas, os carros que foram destruídos. Como resolver o problema? Como impedir que áreas em encostas sejam ocupadas por quem quer que seja? Há que ter coragem para tomar uma decisão.

 Tem lógica

Ontem, foi aprovada por 29 a 3 na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro a proposta que cria o Dia Municipal de Combate às Notícias Falsas.

Um dos votos contrários, dado remotamente, foi o de 02. Claro, votar a favor seria cuspir pra cima, ele é um dos maiores – se não o maior – divulgador de mentiras.

 Ele exigiu votação nominal, provavelmente para ter certeza de que os outros dois mentirosos não o trairiam. São eles Dr.(em que será?) Rogério Amorim, irmão do deputado boçal Rodrigo Amorim, o que quebrou a placa de rua com o nome de Marielle Franco, e o ex-PM e youtuber Gabriel Monteiro.

Que desperdício de papel

O “Estadãozinho” de ontem (16) chegou volumoso, pesado, criando a esperança de conter muito material de leitura. Ledo e “Ivo” engano, no primeiro caderno parcas 24 páginas, o volume foi devido às 33 páginas desperdiçadas com o supérfluo presente que os jornais receberam do Congresso ao manter a obrigatoriedade da publicação impressa de balanços de empresas. Um absurdo em tempos de internet. Foi a única boa medida tomada pelo coiso, apesar de ter sido pelo motivo errado.

 É triste ver a Imprensa concordando com medidas sem sentido e se aproveitando delas pelo fato de favorecê-la economicamente.

 (CACALO KFOURI)

                                                             ***************

Copiada da Folha

 Editor durão, Kirjner trabalhou na Folha por quase 3 décadas

Para o cartunista Mauricio de Sousa, que começou a vida profissional como repórter policial, Kirjner foi um dos profissionais que o orientou(!!!) na escrita jornalística.

“Quando cheguei à Folha, ele foi um dos caras que me disse(!!!) que não dava para escrever como eu fazia, como um escritor. Era preciso ser direto.” O quê? Quem? Quando? Onde? Como? Por que(!!!)?

(!!!) Barrabás, com ele na redação certamente o texto não sairia assim. Vamos lá, cara-pálida: dos profissionais que o ORIENTARAM, foi um deles. Dos caras que me DISSERAM, ele foi um dos. Por quÊ. Capisce?

                                                             ***************

Conselho universitário recomenda expulsão de estudante de medicina que ironizou morte de paciente em AL

O conselho universitário do Centro Universitário Cesmac recomendou a expulsão da estudante de medicina que ironizou, durante o plantão, a morte de uma paciente da Unidade Mista Dr. José Carlos de Gusmão, em Marechal Deodoro.

A totalmente desvocacionada para a profissão postou que  “Faltando 10 min para minha hora de dormir, chega mulher enfartando e com edema agudo de pulmão, e agora já passou 1:30 da minha hora de dormir, tô puta”. Terá, certamente, acolhimento naquele ministério lotado de iguais a ela.

                                                             ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

 Flamengo pode ter de pagar R$ 279 mil ao Tribunal Arbitral do Desporto

Veja só essa(!) história. O Flamengo está sendo cobrado em R$ 279.544,32 pelo Tribunal Arbitral do Desporto, com sede em Lisboa. Foi (apresentado ação)(???) de Homologação de Sentença Estrangeira ao STJ(!!!) para tratar do tema.

(!) Veja só este erro, leitor, o errador irrecuperável, tentando ser informal, comete-o em um texto depois do outro. É esta, cidadão!

(???) Ele é especialista também em “disconcordância” gramatical. Apresentada ação, escriba.

(!!!) Barrabás, nem o tribunal ele acerta, é TAD, cara-pálida.

Pois o Tribunal(?), que foi acionado para mediar a briga,

(?) Por que em alta?

 Temporal em Petrópolis: família de deputado fica em pânico com água até a cintura dentro de casa

Ontem, durante a tragédia que foi esse(!) dilúvio em Petrópolis,

(!) Ele de novo, errado e desnecessário. É um artista…

Estudo de consultora espanhola fala sobre o fim do horário comercial

Segundo o levantamento, “se 2020 foi o ano do trabalho remoto e 2021 o ano do formato híbrido, em 2022 o conceito(*)chave será a flexibilidade.

(*) Cadê o hifen, mistake?

Vereador condenado por atirar em foto de Lula tem 15 dias para pagar indenização

O prazo para pagamento foi aberto(!) na ação de execução prévia aberta(!) por Lula contra o vereador,

(!) Cara-pálida, mantenha a mente aberta ao escrever, o texto melhora. Use determinado, marcado, assim evita a repetição.

Com ‘dois carnavais’, os hotéis do Rio terminaram saindo no lucro

Toda esta(1) polêmica em relação ao carnaval este(2) ano por causa da Covid-19 gerou uma natural apreensão na rede hoteleira, temendo grandes prejuízos. Mas pode ocorrer o contrário com esta(3) realidade,

(…), estima uma ocupação de 85% dos quartos neste(4) período tradicional do carnaval,

“O Rio tem muitas atrações para quem quer aproveitar estes(5) feriados aqui”, diz.

Barrabás, que turma pra gostar de demonstrativos. Ao  menos, desta vez, não teve erro, só uso desnecessário.

(…), e o Secretário(?) de Estado da Casa Civil do Rio de Janeiro, Nicola Miccione.

(?) Em alta por quê, jefe?

Duas Linhas e Meia (16-02-2022)

(…) endereçado ao Diretor(?) do Arquivo Nacional contra a coloção de tarjas em nomes do Relatório da Comissão Nacional da Verdade.

(?) Em alta por quê, jefe?

. Mario Groisman, professor e cirugião(!)dentista, inicia agora em março a(X) tour sul-americana(X) de lançamento do curso Estética em Implantes

(!)(X) Tá mals, hein, jefe? Falta o hifen e é “o” tour sul-americano.

Vai deixando, vai…

Veja como fica a placa de Françoise Forton na Lagoa

 (Veja uma visão)(!!!) noturna da placa “Jardim Françoise Forton”.

(!!!) Veja uma visão é lindo, melhor só se fosse veja um som… Tenha dó, cara-pálida, segue uma visão, aqui está uma visão, veja como fica a placa de noite, tudo, menos o que cometeu.

 Crédito do jefe.

O grande baterista Bolão, que tocou com os maiores nomes da MPB, morreu hoje no Rio

(…), nosso Bolão se(?) sentiu mal de novo e foiinternado(*) no CER Leblon,

(?)(*) Se sentiu, setentiu… Escriba, sentiu-se, mal é advérbio. Aproveita e põe espaço ali na frente.

Juízes de Petrópolis fazem mutirão para identificação de vítimas do temporal

(…), para agilizar e organizar os documentos necessários para a identificação e liberação de corpos no Instituto Médico(*)Legal

(*) Falta hifen, mistake.

O deputado Alessandro Molon vai destinar meio milhão de reais para Petrópolis

O deputado federal Alessandro Molon acabou de pedir uma reunião emergencial da bancada de(!)  do Rio. É para tratar sobre(!!) a tragédia em Petrópolis e  discutir medidas para ajudar os moradores.

Molon vai destinar R$ 500 mil de  emendas (!!!) que  tem direito par ao município.

(!)(!!)(!!!) Não bastou a tragédia na cidade, o blog, resolveu aumentá-la. Que texto horroroso.

Bancada do Rio. É para tratar da. Emendas a que tem direito.

Crédito do jefe.

 Corinthians é condenado a pagar R$ 1 milhão a ex-empresário de Ángel Romero

O clube também foi condenado a pagar 10% sobre(!!!) honorários advocatícios.

(!!!) Maltrata ele, português, maltrata. Não é sobre, é de, se fosse sobre teria de ser sabido o valor e, aí sim, aplicar 10% sobre ele, cara-pálida.

Empresário iraniano poderá ajudar em processo de Juliana Paes

 Se ele aceitar (a o)(?) convite do juiz da 7ª Vara Cível da Barra, Marcelo Nobre de Almeida, a atriz saberá se ela terá direito ou não a(!) devolução dos R$ 27.744 pagos por um tapete persa

(?) Ela ficou em dúvida, se é aceitar a convite ou o convite e apelou pro uma eu acerto.

(!) À devolução, escriba.

Juliana afirma que a loja, apesar de ter se comprometido a entregar o tapete persa no tom azul(*)turquesa escolhido, entregou uma peça “com manchas e mal(*)acabado

(*) Ambas as expressões quando mal escritas ficam sem os devidos hífens.

Alerj deve doar R$ 30 milhões a Petrópolis para auxiliar a cidade após temporal

(…), o presidente Andre Ceciliano alinhou com o chefe do Executivo três projetos(!) que deverão ser aprovadas(!) pela Alerj.

(!) A Alerj vai ter de aprovar também um projeto que mude a gramática, pois projetos costumam ser aprovados ou rejeitados.

Chuvas em Petrópolis fazem audiência da TV Globo disparar

Segundo dados prévios do Rio de Janeiro, a emissora registrou 14 pontos e 47% de participação na faixa matutina, de(!) 6h ao meio-dia,

(!) Das, cara-pálida, das…

(…). Além das equipes deslocadas para a (região serrana)(?),

(?) Em todas as notas anteriores está em caixa-alta.

Diretos(!) do local,

(!) Em bom português é diretamente do local, escriba.

Credito do jefe.

A impressão que este mirandeiro tem é a de que o jefe preparou vários textos padronizados do tipo “Veja es…”, “Um… amig… da coluna”, “Concordo e apoio” e outros chavões bastando preencher as linhas pontilhadas para parecer que foi ele quem escreveu. Mas não avaliou bem o que seus comandados fariam com o restante…

                                                             ***************

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter