FINAL

A melhor final. Blog do Mário Marinho

FINAL

Dentre as muitas expressões que se avolumam no mundo do futebol, uma delas, talvez a mais recorrente, é: “o futebol não tem lógica”.

Mas, ela existe sim.

E a final do Paulistão Sicredi 2021, entre São Paulo e Palmeiras prova isso.

Vão disputar o título os dois melhores times da competição.

Dos quatro grandes com reais e maiores possibilidades de chegar à final, o Santos foi o primeiro a ser eliminado e viveu até mesmo a possibilidade de ser rebaixado para a Série B. Livrou-se no último jogo da fase classificatória.

O Corinthians caiu ontem diante do Palmeiras.

Aos trancos e barrancos, o Timão manteve a segunda campanha na classificação geral.

Números enganosos que, a princípio, mostram uma boa campanha.

Mas, quando a competição afunilou, o destino do Corinthians já estava traçado.

Ao comentar o jogo de ontem para a rádio Futebol ao Vivo, do amigo e companheiro Jarbas Duarte, eu disse em minha primeira participação:

– Se houvesse uma balança para pesar talentos, técnicas, certamente a balança do Palmeiras seria muito mais expressiva que a do Corinthians. Assim, técnica por técnica, o Palmeiras é o favorito para o jogo de hoje.

Não deu outra.

Com seu time rápido, envolvente, com bom esquema tático definido, o Verdão marcou seu primeiro gol logo aos 12 minutos.

Em momento algum, a vitória do Verdão esteve ameaçada.

Na verdade, o placar moral do jogo sugere um 4 a 0, reprisando o último encontro dos dois grandes rivais.

Seria mais um 4 a 0 na sofrida e recente história corintiana que, no meio de semana, registrou essa mesma derrota para o Peñarol, pela copa Sul-Americana.

A consequência imediata dessas duas eliminações foi a demissão do técnico Vágner Mancini, um técnico errado no time errado, na hora errada.

Vai começar agora a procura por um técnico capaz de enfrentar a realidade de um time fraco e que não terá tempo para grandes planos, pois, o Brasileirão já começa no próximo dia 30, para o Corinthians, que enfrentará o Atlético de Goiás.

Para emergência tamanha, só mesmo contratando o Mandrake, capaz de fazer mágicas.A liminar Mandrake acabou insuflando mais a CPI. E ela avança

São Paulo foi o melhor time da primeira fase do Paulistão, com 27 pontos somados em 12 jogos disputados, sendo 8 vitórias, 3 empates e 1 derrota. Nas quartas de final, o Tricolor goleou a Ferroviária por 4 a 2, no Morumbi.

O Palmeiras ficou em modesto quinto lugar, abaixo pela ordem do Tricolor, do Corinthians, do Bragantino e da Ferroviária.

Em meio a outras disputas, o Palmeiras se viu até na delicada situação de não se classificar para as semifinais. E, para conseguir, contou até com a ajuda do arquirrival Corinthians que venceu o Novorizontino.

Ingrato o Verdão.

Como pagamento à ajuda, mandou o Timão de volta para casa.

Decisões

nos Estaduais.

No segundo Campeonato Estadual mais importante do Brasil, o Mineiro, o Galo resistiu bravamente ao ataque do América e se segurou no 0 a 0, em jogo realizado na casa do Coelho, o Independência.

No sábado próximo, a decisão será no Mineirão, a partir das 16 horas.

No Rio, o Fluminense e Flamengo ficaram no 1 a 1. O Fla-Flu será repetido no próximo dia 22, também no Maracanã e dali sairá o Campeão Carioca de 2021.

Em Porto Alegre, o Grêmio saiu na frente ao derrotar o Internacional, 2 a 1. No próximo domingo, os dois se encontram na casa do Grêmio. Um será o campeão.

Júlio Iglesias

no Morumbi.

Na histórica  foto acima estão Paulo César, Getúlio, Serginho Chulapa, Julio Iglesias, Marinho Chagas, Valdir Peres, Mário Sérgio, Oscar e Zé Sérgio. Sentado junto à trave, está o lateral Nelsinho.

A foto me foi enviada pelo leitor, amigo e Diretor Jurídico da AAFC (Associação dos Aposentados da Fundação Cesp) Ricardo Pinheiro, apaixonado pelo Tricolor. Dias depois, outro leitor apaixonado pelo Tricolor, Valter Pereira, mandou-me algumas informações.

A visita do ótimo cantor Julio Iglesias ao Morumbi aconteceu em 1981. Para que não sabe, ele foi goleiro do Real Madri até os 18 anos de idade, com alguns jogos no time titular, quando sofreu gravíssimo acidente automobilístico que o colocou na cama por um ano.

Nesse período, Iglesias passou a escrever poesias e compor música.

Encerrava-se aí a precoce carreira de um regular goleiro e nascia a carreira de um espetacular cantor e compositor de músicas apaixonadas.

Os gols

do Fantástico

 

___________________________________________________________________

Mário Marinho – É jornalista. É mineiro. Especializado em jornalismo esportivo, foi FOTO SOFIA MARINHOdurante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)

_____________________________

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter