THE DAY AFTER

Bomber pilot.

The day after. Um dia depois do outro, a crise piora

the day after The day after: Bolsa cai  3,78%, dólar sobe 2,93%. Qual será o pensamento do posteco de beira de estrada de terra Paulo Guedes, “não adianta chorar, não tenho amor-próprio, vou continuar a me rebaixar.”.

O vice-presidente Mourão parece com a personagem Santinha Prazeres, da Escolinha do Professor Raimundo, sofre as maiores barbaridades nas mãos do marido, mas sempre diz “Eu góstchio! Ontem, the aftermath, o terrorista mau militar convocou uma reunião de ministros no tal do Conselho de Governo, também conhecido como Cúpula dos Incompetentes, e o vice não foi convidado com sói acontecer. Santinha -

Mas ele não desiste, continua a defender aquele que o despreza, declarou que “Eu não vejo que haja clima para o impeachment do presidente, tanto na população como um todo como dentro do próprio Congresso. Acho que nosso governo tem hoje uma maioria confortável, de mais de 200 deputados, lá dentro. Não é a maioria para aprovar grandes projetos, mas é uma maioria capaz de impedir que algum processo prospere contra a pessoa do presidente da República”.

Mourão está precisando de consultar um oftalmologista, não está enxergando bem. o clima pesou no Congresso.

O presidente da Câmara, Arthur Lira, fez um pronunciamento mezzo alice, mezzo mozzarella, ontem (8), ao comentar as manifestações antidemocráticas no Dia da Independência. Foi incisivo em relação às urnas eletrônicas, mas molenga ao se referir àquele que protege mantendo engavetados mais de uma centena de pedidos de “empessegamento”, insiste na arenga de que é possível  a  pacificação entre os Poderes, finge não saber que no Executivo está uma besta-fera intratável. Para Lira – é bom lembrar que Nero tocava lira quando incendiou Roma – nada serve de lição, disse que havia feito um acordo com o ignaro ignóbil, levaria a questão do voto impresso ao Plenário da Câmara para votação e que a decisão não mais seria contestada por ele. O acordo durou meia hora, o coiso continua vociferando contra a respeito.

Já o ministro Luiz Fux, presidente do STF foi firme e claro, declarou que “Este Supremo Tribunal Federal jamais aceitará ameaças à sua independência nem intimidações ao exercício regular de suas funções. Ninguém fechará esta Corte. Nós a manteremos de pé, com suor e perseverança.  Se o desprezo às decisões judiciais ocorre por iniciativa do chefe de qualquer dos Poderes, essa atitude, além de representar atentado à democracia, configura crime de responsabilidade, a ser analisado pelo Congresso Nacional”.

Vale ressaltar também este trecho: “Todos sabemos que quem promove o discurso do “nós contra eles” não propaga democracia, mas a política do caos.”. A prática é criação daquele que tentará voltar em 2022.

O problema está em “a ser analisado pelo Congresso Nacional”, nele está o omisso Arthur Lira, que se já tivesse cumprido sua obrigação nada do que se vive estaria acontecendo.

 O outro aliado do “mau militar”, o PGR Aras, aras, vejam só, seria um milagre se assim não fosse, fingiu-se de cego, para ele nada de ilegal aconteceu: “Acompanhamos ontem uma festa cívica com manifestações pacíficas, que ocorreram hegemonicamente de forma ordeira pelas vias públicas do Brasil. As manifestações do 7 de setembro foram a expressão de uma sociedade plural e aberta, características de um regime democrático”.

 A dúvida: ao aparar a barba, faz isso de olhos fechados ou consegue  se olhar no espelho? Seria inadequado usar coragem, já provou que é um atributo que lhe falta.

É um paradoxo insolúvel o fato de bacharéis em Direito – advogados, juízes, promotores e procuradores de Justiça, delegados de Polícia  –, policiais civis e militares, gente que jurou proteger a Lei e a Ordem se aliarem a quem prega e faz tudo a que deveriam se opor. Nem Freud explica.

(CACALO KFOURI)

 

                                                             ***************

by BijaRi Estudio

                                                             ***************

Copiada do Estadão

Protestos acontecem sem casos de violência

Multa. Ontem, o governo paulista também multou mais uma vez o presidente Bolsonaro por não ter usado máscara na Avenida Paulista, desrespeitando a norma em vigor durante a pandemia de covid-19. É a sétima vez que Bolsonaro é multado no Estado por não usar a proteção. Como as infrações são uma multa e seis reincidências, o presidente pode ser obrigado a pagar até R$ 4,5 milhões. Na primeira multa e na primeira reincidência, ele foi cobrado em dois autos de infração de R$552,71 cada. Bolsonaro recorreu da primeira multa.

Além dele, outras(?) 13 autoridades que estiveram na manifestação da Avenida Paulista também foram multadas. Entre elas estão os deputados federais Carla Zambelli (PSL-SP), General Girão (PSL-RN), Márcio Labre (PSL-RJ), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Marco Feliciano (PL-SP) e o ministro Tarcísio Freitas (Intraestrutura),

 (?) Para que “outras”, cara-pálida, se está explícito, com o “além de”, que foram outras?

 Apesar de a aplicação de multa seja correta e devida a medida acaba por desmoralizar a ação, pois nenhum dos infratores pagará um centavo que seja das autuações.

(…).  De acordo com a PM, um suspeito(!) foi detido na Rua Líbero Badaró, nas proximidades do ato, com material para a “confecção de coquetel molotov(!!!)”.

(!) Preso com a mão na massa, mas só suspeito, não é, vaselinista? Tem uma saída fácil para a sua escorregadia escrita, cara-pálida: “Uma pessoa foi presa”, nem a que gênero pertence precisa dizer caso tenha problemas em relação a isso também.

(!!!) Barrabás, faz 12 anos que a grafia correta é coquetel-molotov, com plural coquetéis-molotovs, e a turma do Estadão não notou ainda.

                                                              ***************

Copiadas da Folha

Caminhões bloqueiam a Esplanada e pressionam por invasão ao acesso do STF

O movimento de viés golpista do presidente Jair Bolsonaro segue vivo fisicamente em Brasília, após a manifestação do 7 de Setembro. Mais de cem caminhões ocupam a Esplanada dos Ministérios e são usados para pressionar pela derrubada do bloqueio que dá acesso ao STF (Supremo Tribunal Federal) e ao Congresso Nacional.

O movimento tem o dedo de empresas do agronegócio de Goiás, Santa Catarina e São Paulo. A maioria dos caminhões estacionados no canteiro central e nas vias da Esplanada traz a identificação delas.

Mas para Arthur Lira são somente bravatas e para Aras, aras, vejam só, trata-se de “uma festa cívica com manifestações pacíficas.”.

Abusos e ilegalidades do STF dão força ao bolsonarismo

Decisões políticas dos ministros do Supremo reavivam o bolsonarismo mesmo em quem já começava a se arrepender de apoiar o presidente

Agora, Alexandre de Moraes e o STF como um todo geram a repulsa a carregar as baterias, que andavam meio arriadas, do bolsonarismo.

Seus abusos e ilegalidades, suas interpretações criativas e superabrangentes da Constituição fazem reavivar o bolsonarismo mesmo em quem já começava a se arrepender de apoiar o presidente.

Noventa por cento do que o colunista escreve são asneiras, dos 10% sobrantes 9% estão errados…

                                                             ***************

Copiada do Blog do Valdo Cruz

Ataques de Bolsonaro inviabilizam indicação de André Mendonça para o STF, avaliam senadores

Os ataques do presidente Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal nesta terça-feira (7), nas manifestações pelo 7 de Setembro, inviabilizaram a indicação de André Mendonça para uma vaga na Corte. Senadores avaliam que, no cenário atual, o ex-advogado-geral da União teria mais de 50 votos contrários à sua indicação.

O maior opositor do ignaro ignóbil é ele mesmo, o campeão do cuspir pra cima, é imbatível no esporte.

                                                             ***************

Copiada do G1

 É #FAKE que ministro Alexandre de Moraes fugiu do país um dia após discurso de Bolsonaro no 7 de Setembro

Boato tem circulado nas redes sociais. Ele não saiu do país e esteve normalmente na sessão do Supremo nesta quarta, em sua casa em SP. Ele também não tem nenhuma intenção de ir ao exterior nesta semana, segundo a assessoria do STF.

Mais uma “obra” de coisiformes, financiados por… por… precisa dizer?

                                                             ***************

Copiada da Coluna DIEGO GARCIA

Anvisa: CBF negociou com Casa Civil para continuar jogo; confederação nega

Em relatório complementar sobre os eventos ocorridos no último domingo (5), o servidor público Yunes Baptista, da Anvisa, afirmou que o presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodrigues, quis continuar o jogo com a Argentina após alegar negociar com o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira.

Trata-se daquele clássico tipo de assunto, quanto mais mexer mais vai feder. E vai ser resolvido por uma entidade especialista em remexer e piorar o odor, a Fifa.

                                                             ***************

the day afterCopiadas do Blog do Ancelmo

Arco da Sociedade de Bolsonaro: do general Braga Neto ao operador Fábrício Queiroz Arco da Sociedade de Bolsonaro: do general Braga Neto ao operador Fabricio Queiroz

 Título com eco… horas depois o eco chegou, milagrosamente, aos ouvidos de alguém e foi amortecido.

Em Brasília, uma das presenças de destaque era (*) do general e ministro da Defesa, Braga Neto.

(*) Cara-pálida, você escreveu que a presença pertence ao Praga ops! Braga, não é isso, tem de ser “era a do”, capisce?

No Rio, a figura mais requisitada para selfies na manifestação Bolsonarista(!), ontem, em Copacabana,(…).  Acusado, como se sabe,  de ser o principal operador de “rachadinha” no gabinete de Flavio(*) Bolsonaro,

(!) Barrabás, em alta apesar de estar cada vez mais em baixa, cara-pálida? Tome tento.

 (*)  No Congresso, seria ótimo se não tivesse assento, mas, infelizmente, tem. Já no nome, sempre teve acento, cara-pálida.

Uma ex-mulher e a mãe do(!) Adriano  trabalharam no gabinete do 02.

(!) Do Adriano? Hummm, intimidade compremetedora.  De Adriano, escriba.

O texto traz o crédito do titular, mas este mirandeiro acha que é fake signature... a caixa-alta entrega…

Consumo de carne cai 204%(!!!) de janeiro a agosto

(!!!) Caramba, caiu mais do que existiu, miracolo, miracolo! Carestia de vírgula, cara-pálida?

 Nos últimos oito meses o consumo de carne caiu  20,4 %  na Região Metropolitana do Rio, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo relatório da Nielsen. Neste(*) período o preço médio subiu 33,3 %.

(*) Nesse, cara-pálida, últimos, passado, não são os atuais. 

 Bolsonaro não pode colocar a culpa no ministro Alexandre de Morais(!) do STF

(!) Não mesmo, escriba, se fosse pôr a culpa em algum ministro seria em Alexandre de MoraEs.

Troca-troca de noivo na hora da cerimônia

Entre as convidades(?), as emergentes da Barra Vera Loyola e Hosana Pereira,

(?) Cara-pálida, agora surge uma dúvida, erro ou a novidade politicamente correta?

Justiça brasileira confirma ter competência para julgar ação de indenização de Jean Wyllys contra Olavo de Carvalho

 A 26ª Câmara Cível do Rio negou recurso de Olavo de Carvalho, que questionava a competência da justiça(!) brasileira

(!) Sem dúvida, é a vitimada pela caixa-baixaaltite! Justiça, escriba, Justiça.

Pelo fato de Jeans(???) Wyllys e Olavo de Carvalho serem pessoas públicas,

(???) Lee, Levi’s? Jean, cara-pálida.

 Clubes consideram injusto que só alguns estádios tenham torcida

Em uma reunião realizada agora na CBF, representantes dos 40 clubes das séries A e B do Brasileirão (futebol brasileiro)(?)

(?) Tem certeza, escriba?  Não será o  futebol argentino?

A consulta pelo nome de Nelson Piquet, o motorista de Bolsonaro do Sete de Setembro, dispara

COmos e sabe, (???)

(???) Como não se sabe, o que é isto, escriba?

A pesquisa indica o tamanho da ignorância vigente no país, desconhecem que foi o grande piloto e a lamentável figura.

Fafá de Belém realiza sonho antigo: canta ‘Ave Maria’ aos pés do do Cristo Redentor

No feriado de Sete de Setembro, ontem, a imagem esteve presene(!) em  missas no Centro e Anchieta.

(!) Já o sonho deste mirandeiro é outro, a existência de jornalistas que respeitem o leitor. Presente, cara-pálida.

PDT entra com notícia-crime contra Bolsonaro por atos antidemocráticos no Dia da Independência

A petição pedetista detalha ainda as implicações dos discursos e (*) articulações antidemocráticas no artigo 359-L do CP,

(*) Tal qual Fafá de Belém e Martin Luther King, I have a dream que blog está transformando em nightmare… dos discursos e das articulações, escriba.

Felipe Neto ganha mais duas disputas judiciais contra youtuber de extrema direita

Em segunda instância, Neto venceu o processo contra Moura, que foi condenado pela justiça(!)

(!) Há que reconhecer, ela é uma “erratriz” convicta, insiste até o fim em errar, “acertar vai contra meus princípios!”. Justiça, cara-pálida, a instituição.

 Papagaio de pirata de Bolsonaro: sai Pedro Guimarães, entra Tarcísio Gomes de Freitas

Nas manifestações contra a democracia, ontem, do presidente Jair Bolsonaro, tanto na solenidade de Brasília quanto(*) na da Av. Paulista,

(*) Como, cara-pálida, quanto é quando envolve quantidade, número.

 A turma d’O Globo está parecendo com a do governo, finge que não há um desastre em curso.

                                                              ***************

 

day after

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter