A ansiedade das crianças. Por Meraldo Zisman

A ANSIEDADE DAS CRIANÇAS

 Meraldo Zisman

O termo “ansiedade” tem várias definições nos dicionários não técnicos: aflição, angústia, perturbação do espírito causada pela incerteza, relação com qualquer contexto de perigo, entre outros….

Muitas vezes negligencia-se o cuidado à criança ansiosa, pois é comum acreditar que somente adultos desenvolvem o transtorno de ansiedade. Com raras exceções, os pais não conseguem distinguir o que é real do que é fantasiado pela criança. Acreditam que tudo não passa de fantasias, imaginação. A ansiedade é saudável até certo nível, desde que após a ocorrência da situação que a causou o estado ansioso desapareça e a criança volte ao seu estado normal.
Caso a ansiedade persista após o acontecimento receado, em alguns casos pode ser uma doença, reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) desde 1992 e que tem várias modalidades e classificações técnicas.
Caso, ainda, essa doença seja realmente verdadeira, os leitores  vão entender a minha ansiedade sobre o futuro da humanidade e a minha discordância de artigo que apareceu em publicação médica das mais importantes e respeitadas. O artigo é intitulado: Medicação e Terapia Comportamental para Transtornos de Ansiedade Pediátrica. (Subtítulo: – Não há necessidade de ansiedade no tratamento da ansiedade). JAMA-pediatrics, volume 171, Number11, ano 2017, informando que os distúrbios de ansiedade estão entre as condições de saúde comportamental pediátricas das mais predominantes, afetando cerca de 32% dos jovens antes da idade adulta.

… Desconhece-se se esses efeitos perduram até a idade adulta.  Será que não seria mais importante sabermos como estamos educando, tratando e incentivando a competição entre nossas crianças e jovens…

Apesar de tão alta incidência da aflição causada pela ansiedade, os editores desta publicação – e de outras – estão mais interessados nos resultados do emprego de medicamentos neurotransmissores/receptores da substância denominada serotonina (serotonina: é um neurotransmissor segregado pelas células nervosas do sistema nervoso central que tem um papel importante na inibição da raiva, agressão, temperatura corporal, humor, sono, vômito e do apetite) somados aos efeitos terapêuticos quando associados à Psicoterapia Cognitiva-Comportamental(TCC).
Desconhece-se se esses efeitos perduram até a idade adulta.  Será que não seria mais importante sabermos como estamos educando, tratando e incentivando a competição entre nossas crianças e jovens, evitando assim que mais de 32% das crianças e adolescentes no Primeiro Mundo (USA) apresente essa ocorrência assustadora?
O que não deve estar acontecendo com as crianças e adolescentes das favelas (agora denominadas comunidades) ou mesmo nas casas dos mais ricos do Brasil!
Para concluir gostaria de esclarecer/relembrar/enfatizar que no mundo do cientificismo quase sempre esquecemos de que não somos escravos dos neurônios ou de sua cognição…
Vale lutar por um mundo menos ansioso e mais saudável, mesmo que isso seja uma guerra perdida.
Vale a pena essa série. 
Clique nos links e Leia os outros artigos do autor sobre o tema ANSIEDADE:
Ansiedade e Tráfego. Por Meraldo Zisman
Nova causa de ansiedade nos idosos. Por Meraldo Zisman
Ansiedade do Recalcado.Por Meraldo Zisman
Ansiedade e Inveja. Por Meraldo Zisman
Ansiedade e desemprego. Por Meraldo Zisman
Ansiedade e Médicos. Por Meraldo Zisman
Em defesa de certa ansiedade. Por Meraldo Zisman
Ansiedade e prêt-à-porter. Por Meraldo Zisman
Será? (Epidemiologia da Ansiedade). Por Meraldo Zisman
Judicialização (ansiedade profissional). Por Meraldo Zisman
Ansiedade e consumismo. Por Meraldo Zisman
Ansiedade generalizada. Por Meraldo Zisman
Ansiedade e Crise Nacional. Por Meraldo Zisman
Ansiedade. Perguntas que não devem/podem ser feitas. Por Meraldo Zisman
 ____________________

23/02/2011. Credito: Cecilia de Sa Pereira/DP/D.A Press. Recife/PE. Vida Urbana. Materia sobre a visita do presidente nacional da Associacao dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, o brigadeiro Helio Goncalves a sede dos Diarios Associados PE. O brigadeiro esteve acompanhado pelos senhores Eudes Souza Leao e Meraldo Zisman (NA FOTO).

Meraldo Zisman – Médico, psicoterapeuta. Foi um dos primeiros neonatologistas brasileiros. Consultante Honorário da Universidade de Oxford (Grã-Bretanha). Vive no Recife (PE).

 

 

About

Brickmann & Associados Comunicação - B&A / Tel. (11) 3885-6656 / www. brickmann.com.br / E-mail: contato@chumbogordo.com.br / Twitter: twitter.com/ChumboGordo / Facebook: facebook.com/chumbogordo

1 Comment

  • Maria Helena Carvalho

    14/12/2017 - 21:09

    Dr. Meraldo,
    Se os seus artigos são pertinentes, pontuando expressivamente o que nos diz os títulos, outros, como este, são brilhantes,
    deixando patente que, modele-se à realidade , uma transformação das dificuldades numa enorme quantidade de possibilidades.

Leave a comment

Your email address will not be published.